Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
atari 2600 logo LowRes    
Estou há um bom tempo procurando mais informações sobre a montagem de cartuchos Atari com bankswitch, sem muito sucesso. Sim, há desenvolvedores vendendo cartuchos de 8 e 16K, porém os modos de bankswitch ou estão com instruções confusas demais ou simplesmente ninguém fala nada. Até que encontrei este artigo de 2008 escrito por Rodrigo Feliciano. O blog do Feliciano é antigo, hospedado no Blogspot, então, com receio de perder a informação, resolvi entrar em contato e pedir para reproduzir o artigo dele aqui, no OldBits. Porém não consegui resposta dele em local algum, infelizmente.

 

Temendo que o Feliciano não aprove, resolvi inserir o artigo dele na íntegra, somente com correções de escrita. Feliciano, agradeço muito o seu trabalho, e, se desejar, entre em contato que eu despublico o artigo.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

F5WXI75IVHQFFFP

   
  Isto é um tutorial
  Tempo de execução:
  • 1 hora
  Habilidade
  • Fácil
  Experiência
  • Solda estanho
  • Plástico

Estou trabalhando em dois projetos paralelos e inter-relacionados: o NavGATe, que é um sistema eletrônico de guia para que pessoas com deficiência visual possam circular de forma segura em locais públicos, e meu doutorado, que trata justamente da interação das pessoas com deficiência visual e interfaces eletrônicas de guia. Minha dissertação de de mestrado também trata deste tema: USP - Princípios para o design de audionavegação em ambientes públicos para pessoas com deficiência visual.

Pois bem, para que fosse possível coletar informações para a pesquisa sem interferências durante as pesquisas de campo com voluntários utilizando o NavGATe em edifícios e em estações do Metrô de São Paulo, tive que projetar um transmissor específico do NavGATe que fica comigo durante toda a observação. Para este projeto utilizei o microcontrolador ATMEGA328, da fabricante Atmel, e precisei fazer com que o microcontrolador lesse um cartão de memória MicroSD.

O cartão MicroSD é um componente que utiliza uma baixa tensão de trabalho, de 3,3v, 70% da tensão de alimentação comum em aparelhos digitais, que é de 5v. Se o cartão for ligado em 5v, ele queima, sem piedade! Assim, tamto a alimentação quanto os sinais precisam ser convertidos de 5v para 3,3v. Para esta tarefa, existem no mercado de módulos eletrônicos para hobbystas um leitor de cartões MicroSD. No entanto, eu estava no final de semana, e não possuía acesso à compra emergencial deste componente. Assim, resolvi construir um, e fui verificar se tinha alguma coisa que poderia fazer com meus componentes eletrônicos. E voilá! Tinha sim, duas formas de fazer um adaptador de cartão de memória MicroSD para incorporar ao receptor do NavGATe. Resolvi então compartilhar esta rápida construção com vocês.

 

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
HTB163KnazzuK1RjSsppq6xz0XXaO
Apagador de EPROM
Isto é um tutorial
Tempo de execução:
  • 1 hora
Habilidade:
  • Fácil

Experiência:

  • Solda estanho
  • Plástico, feltro

No dia-a-dia de um laboratório de eletrônica, principalmente nos laboratórios como o que temos aqui no Museu OldBits, é muito comum utilizar ferramentas para trabalhos com EPROMs.

EPROM, ou Erasable and Programmable Read Only Memory, em tradução livre "Memória Gravável e Apagável Somente de Leitura", é um componente que já foi muito comum nos computadores e outros aparelhos eletrônicos digitais. A EPROM foi, por décadas, o lar da famigerada "BIOS" (Basic Input Output System), que é um pequeno programa que direciona o processador para realizar todo tipo de instrução antes de oferecer o controle ao usuário. Como se pode observar, o programa em BIOS não pode se perder quando o aparelho é desligado, ele deve se mater indefinidamente mesmo sem energia. Também é na BIOS que está contido a maioria dos interpretadores BASIC (Beginners All-Purpose Symbolic Instruction Code) presentes na grande maioria dos computadores antigos.